was successfully added to your cart.

A história por trás da Masala Moccato

By 4 de maio de 2017Bastidores Moccato

Eu sou a Júlia e trabalho no time de marketing da Moccato. No início de março embarquei numa aventura para a Ásia. Saí do Brasil com a convicção de que o café é vital na rotina de uma mochileira: dá energia para o dia e as cafeterias com wifi grátis oferecem uma janela para observar as pessoas. Passei uns dias nas filipinas e vim para a cidade de Jaipur na Índia. Uma das minhas missões era encontrar boas histórias sobre café para compartilhar aqui com vocês, mas…. aqui eles só querem saber de chá! E na Índia a paixão nacional é o Masala Chai.

bp-chai-massala-tajChai significa Chá, então ao pedir um chai você pode receber dos mais variados chás ou até mesmo a pergunta: mas é chai do que? Já Masala é um nome genérico para ‘mistura de temperos’. Não só a comida por aqui é apimentada, mas o masala chai também. E além da mistura, o masala chai leva leite e bastante açúcar.

A mistura é bem exótica, mas também é deliciosa. Fiquei intrigada com o sabor e fui atrás da receita. Mas o que descobri é que não existe uma receita fixa. Não existe certo e errado. Cada família cria a sua mistura até as masalas com ingredientes iguais podem ter sabores diferentes: a quantidade de cada especiaria faz toda a diferença. O que me levou a uma outra missão: encontrar o melhor masala chai dos arredores de Jaipur!

Passei a experimentar masala chai em cada esquina. Pedi em restaurante bonito, em lanchonete, no passeio com os elefantes e inclusive experimentei os de rua. Na minha escala de preferência, o melhor Masala Chai que eu tomei foi numa parada de ônibus entre Agra e Jaipur. E o lugar não era nada bonito.

bp-chai-massala-experimentando

Experimentando chai de rua na Pink City em Jaipur

Depois de todo esse prova-prova, eu montei uma receita bem bacana com a família indiana que está me hospedando. Por mais que não fosse nada de café, pelo menos eu teria a minha Masala para usar em casa. Juntos, chegamos nessa combinação:

Vamos aos ingredientes para fazer 1 litro:

  • 500 ml de água
  • 500 ml de leite
  • 5 colheres de sobremesa de folhas de chá preto (você pode substituir por saquinhos se preferir)
  • 3 polegares de gengibre fresco
  • 10 bolinhas de pimenta do reino
  • 2 cravos
  • 1 pedacinho (+- 5cm) de canela
  • 2 cardamomos

Utensílios:

  • 1 moedor/pilão
  • 1 panela
  • 1 coador

Achou a receita engraçada? Bom, isso foi o máximo de precisão que consegui. Toda vez que eu anotava a medida a família ria, porque não existe medida certa, rs! Veja a foto abaixo com a quantidade de cada tempero. bp-chai-massala-ingredientes

Passo a passo:

  • Coloque na panela 500ml de água + chá preto, coloque o fogo alto. Espere começar a borbulhar.
  • Coloque todos os temperos (cravo, pimenta, cardamomo, canela e gengibre) dentro do pilão e moa com cuidado. – IMPORTANTE: se você usa o pilão para alho ou cebola, pode acabar ficando com cheiro.
  • Adicione os temperos e em seguida adicione o leite.
  • Segredo indiano: quando o chai começar a ferver e a crescer na panela, diminua o fogo, espere abaixar e aumente de novo. Quando voltar a subir na panela, desligue o fogo e está pronto. Esse truque ajuda a deixar o chai mais forte e encorpado.
  • Coe, adoce como preferir (mel, açúcar, adoçante) e aproveite!!!
  • Faça a sua própria receita! Gosta mais de gengibre? Coloque mais da próxima vez! Prefere menos apimentado? Diminua o gengibre e o cravo. Ama cardamomo? Coloque mais 2 na próxima receita.

bp-chai-massala-chaiComentei com o resto do time que não ia rolar um post sobre café na Índia e expliquei toda a questão do Masala Chai por aqui. Para minha surpresa, o pessoal se empolgou com a história e quis usar esse princípio de experimentação sem regras como tema de maio. Eu achei que ia decepcionar sem histórias de café e acabei inspirando todo o tema de maio. Uma reviravolta e tanto (:

Os assinantes do clube receberam a Masala que o pessoal do escritório criou, mas você pode usar a minha mistura, a Julia Masala, no seu café também: é só substituir a água e as colheres de chá preto por 500 ml de café coado. Mudanças, substituições e ajustes são mais do que bem vindos. E com licença, porque enquanto vocês exploram o tema de maio, eu vou dar um pulinho ali na China!